Uma das sequências mais bizarras da NBA pode acabar nesta temporada
Espalhe por Whatsapp

Uma das sequências mais bizarras da NBA pode acabar nesta temporada

Ricardo Romanelli
Ricardo Romanelli

Existem estatísticas para tudo na NBA, cada vez mais completas e informativas. Uma das sequências mais bizarras já registradas, no entanto, é a de que desde 1984, todos os times campeões da liga continham pelo menos um jogador que foi companheiro de time de Shaquille O'neal durante sua carreira na NBA.

O'neal jogou de 1992 a 2011, e neste período passou por Orlando Magic, Los Angeles Lakers, Miami Heat, Phoenix Suns, Cleveland Cavaliers e Boston Celtics.

Jogou com alguns dos maiores nomes do esporte nas últimas décadas, como Kobe Bryant, LeBron James, Keving Garnett, Paul Pierce, Ray Allen e Dwyane Wade. Além destes, também houveram diversos role players importantes que acabaram sendo campeões com ele ou com outros grandes times, criando esta sequência impressionante de coincidências incríveis.

Abaixo, listamos os jogadores que foram campeões em cada ano, e entre parênteses o time e o ano em que jogaram com O'neal. Ao lado dos times campeões de que Shaq fez parte, um asterisco:

1984 (Celtics) — George Kite (Magic, 1994)

1985 (Lakers) — Byron Scott (Lakers, 1997)

1986 (Celtics) — George Kite (Magic, 1994)

1987 (Lakers) — A.C. Green (Lakers, 2000)

1988 (Lakers) — A.C. Green (Lakers, 2000)

1989 (Pistons) —Dennis Rodman (Lakers, 1999)

1990 (Pistons) — John Salley (Lakers, 2000)

1991 (Bulls) — Horace Grant (Lakers, 2004)

1992 (Bulls) — Horace Grant (Lakers, 2004)

1993 (Bulls) — Horace Grant (Lakers, 2004)

1994 (Rockets) — Robert Horry (Lakers, 2003)

1995 (Rockets) — Robert Horry (Lakers, 2003)

1996 (Bulls) — Steve Kerr (Magic, 1993)

1997 (Bulls) — Ron Harper (Lakers, 2001)

1998 (Bulls) — Ron Harper (Lakers, 2001)

1999 (Spurs) — Steve Kerr (Magic, 1993)

2000 (Lakers)* — Kobe Bryant (Lakers, 2004)

2001 (Lakers)* — Tyronn Lue (Lakers, 2001)

2002 (Lakers)* — Rick Fox (Lakers, 2004)

2003 (Spurs) — Steve Kerr (Magic, 1993)

2004 (Pistons) — Lindsey Hunter (Lakers, 2002)

2005 (Spurs) — Robert Horry (Lakers, 2003)

2006 (Heat)* — Dwyane Wade (Heat, 2008)

2007 (Spurs) — Robert Horry (Lakers, 2003)

2008 (Celtics) — Paul Pierce (Celtics, 2011)

2009 (Lakers) — Derek Fisher (Lakers, 2004)

2010 (Lakers) — Luke Walton (Lakers, 2004)

2011 (Mavericks) —Sasha Pavlovic (Celtics, 2011)

2012 (Heat) — Udonis Haslem (Heat, 2008)

2013 (Heat) — Ray Allen (Celtics, 2011)

2014 (Spurs) — Boris Diaw (Suns, 2009)

2015 (Warriors) — Leandro Barbosa (Suns, 2009)

2016 (Cavaliers) — LeBron James (Cavaliers, 2010)

2017 (Warriors) — Matt Barnes (Suns, 2009)

Mas, nesta temporada, esta incrível sequência pode finalmente acabar. Atualmente, disputando os playoffs, existem sete jogadores que jogaram com Shaq:

Cavaliers — LeBron James (Cavaliers, 2010), Jeff Green e Kendrick Perkins (Celtics, 2011)

Pelicans — Rajon Rondo (Celtics, 2011)

Spurs — Danny Green (Cavaliers, 2010)

Heat — Dwyane Wade e Udonis Haslem (Heat, 2005 a 2008)

Destes times, curiosamente, o que mais tem chances de ser campeão é também o que mais tem atletas que atuaram com Shaq, o Cavaliers. O técnico Ty Lue também foi companheiro do pivô no Los Angeles Lakers, no começo dos anos 2000. Os dois favoritos ao título segundo as casas de apostas, Houston Rockets e Golden State Warriors, não possuem nenhum jogador que dividiu os vestiários com O'neal, e nem Toronto Raptors, Boston Celtics e Philadelphia 76ers, os três times do Leste melhores colocados que o Cavaliers.

Está na mão destes sete atletas de quatro times diferentes a manutenção desta escrita. Será que eles conseguem?


Dá um play e confira o que rola no nosso som!