Espalhe por Whatsapp

Com participação de Barack Obama, NBA vai organizar liga na África

Ricardo Romanelli
Ricardo Romanelli

Durante as festividades do final de semana do All-Star, o comissário Adam Silver fez um anúncio importante. A NBA vai organizar uma liga de basquete na África, envolvendo doze times em todo o continente, chamada de Basketball Africa League.

A liga, cujas competições vão começar em 2020, terá franquias de África do Sul, Angola, Egito, Quênia, Marrocos, Nigéria, Ruana, Senegal e Tunísia. Um torneio qualificatório será organizado para definir os doze participantes iniciais.

Cada time poderá ser representado, no máximo, por dois times. A ideia é fazer um formato similar ao da UEFA Champions League no futebol, de acordo com Marc Spears (The Undefeated).

“Temos falado sobre esse conceito nos últimos meses, e existe grande empolgação entre os donos da NBA. Muitos de nossos parceiros mostraram interesse em trabalhar na África.” – Adam Silver.

A Basketball Africa League será a primeira liga profissional da NBA fora da América do Norte, e será administrada em parceria com a FIBA. Barack Obama, ex-presidente dos EUA, também fará parte do projeto. Segundo Silver, a função de Obama ainda não foi definida, mas espera-se que ele terá papel ativo nas atividades da liga.

Image title

A expansão da liga sobre o continente africano nos últimos anos tem sido expressiva. Ao todo, mais de 80 atuais e ex-jogadores da NBA nasceram na África, e a liga realizou 16 edições do programa “Basketball Without Borders” e três jogos de exibição nas últimas temporadas. Atualmente, expoentes da NBA foram descobertos nestes programas, como os camaroneses Joel Embiid (2011) e Pascal Siakam (2012), apenas para citar dois exemplos de bastante sucesso.

Image title

A expectativa é que com esta competição a NBA consiga difundir ainda mais o esporte no continente africano, e ao mesmo tempo ajudar a garimpar e formar talentos que possam vir a fazer parte da liga no futuro. Atualmente, além de Embiid e Siakam, outros jogadores de destaque na NBA ou nasceram na África, ou são filhos de africanos, como Dennis Schroder, Jahlil Okafor, Victor Oladipo, além do grego Giannis Antetokounmpo, filho de imigrantes nigerianos na Grécia.

Dá um play e confira o que rola no nosso som!