Espalhe por Whatsapp

As 5 melhores atuações da carreira de LeBron James

Ricardo Romanelli
Ricardo Romanelli

Todos sabeos que LeBron James é um dos maiores jogadores da história do basquete, com argumentos inclusive para ser considerado o maior de todos os tempos, dependendo do ponto de vista. Com isso, o Rei coleciona uma carreira repleta de momentos e atuações incríveis ao longo de suas 17 temporadas (e contando) na NBA. É muito difícil escolher as melhores partidas que o atual astro do Los Angeles Lakers já fez na liga, mas fizemos um esforço em apontar 5 das maiores atuações com as quais LeBron já nos impressionou ao longo dos anos. Saca só:

O maior dos palcos: 52/9/11 no Madison Square Garden 

Apesar da eterna má fase do New York Knicks, todos sabem que o Madison Square Garden é o maior palco do basquete mundial. Qualquer grande atuação ali fica, sem dúvidas registrada na história. Sabendo disso, LeBron James não decepcionou. Em 04 de fevereiro de 2009, ele anotou incríveis 52 pontos, 9 rebotes e 11 assistências com incríveis 51% de aproveitamento nos arremessos. Faltou apenas um rebote para ser o triple-double mais incrível da história do MSG. Muitos acreditam que foi naquela noite que LeBron sacramentou seu primeiro prêmio de MVP, que ganhou ao final daquela temporada.

Maior pontuação da carreira: 61 pontos usando máscara 

É claro que a maior pontuação individual da carreira de LeBron não poderia ficar de fora. Em 2014, o astro explodiu para 61 pontos contra o Charlotte Bobcats (atual Hornets), em frente à torcida do Heat. O jogo marcou, ainda, a maior pontuação individual de um atleta do Heat. Miami venceu o jogo por 124 x 107, e James registrou 66% de aproveitamento nos arremesoss, com 80% de aproveitamento nas bolas de três. 

O mais incrível é que LeBron precisou utilizar uma máscara protetora para este jogo, pois havia fraturado o nariz. Muitos atletas reclamam de ter que usar este tipo de equipamento, e acabam sofrendo para atuar em seu melhor basquete, mas claramente não foi o caso de LeBron.

Caminho para o título mais especial: jogo 6 de 2016

Dos três títulos de LeBron, sem dúvidas o conquistado em 2016 foi o mais marcante. Não apenas ele finalmente venceu um campeonato pelo Cleveland Cavaliers, time de sua terra natal, como também o fez derrotando o Golden State Warriors na temporada em que o rival quebrou o recorde de vitórias da NBA, vencendo 73 partidas na temporada regular. Além de tudo isso, também foi a única vez que um time virou uma série Final da NBA depois de estar perdendo por 3 x 1. 

O caminho definitivo para esta virada veio, sem dúvidas, no jogo 6, último disputado em Cleveland nesta série. LeBron anotou incríveis 41 pontos e 11 assistências, dominando o jogo do começo ao fim e criando o cenário perfeito para o jogo 7, cheio de tensão, onde o Cavs poderia finalmente soltar o grito de campeão ao comando de seu Rei. 

Maior atuação da história das Finais? Jogo 1 de 2018

Em 2018, o Golden State Warriors era franco favorito na Final da NBA. O Cleveland Cavaliers havia feito sua temporada mais oscilante desde que LeBron retornara ao time, em 2014. O Rei acabaria deixando o Cavs novamente após esta série, mas não sem antes nos brindar com aquela que talvez tenha sido a maior performance em Finais de todos os tempos. 

No jogo 1, na casa do rival, LeBron teve uma atuação monstruosa com 51 pontos, 8 rebotes e 8 assistências, e esteve a poucos segundos de vencer o jogo e roubar o mando de quadra, não fosse o famoso erro de J.R Smith, que ao pegar rebote nos segundos finais se afastou da cesta, pensando que o Cavs tinha a liderança, quando na verdade o jogo estava empatado.

Image title

Na prorrogação, um abalado Cavs não conseguiu resistir ao Warriors e perdeu o jogo e a série, em uma varrida a favor do Warriors. 

O jogo que valia tudo: jogo 6 contra o Celtics em 2012

Antes que LeBron se consolidasse como um dos maiores vencedores de todos os tempos, houve um momento em que tudo parecia prestes a desmoronar. Depois de sete anos com o Cleveland Cavaliers sem conseguir ser campeão, LeBron foi para Miami e formou um supertime no Heat, ao lado de Dwyane Wade e Chris Bosh. Apesar disso, em 2011 o Rei e seus companheiros perderam a Final para Dirk Nowtizki e um time de veteranos do Dallas Mavericks, numa das narrativas de underdog mais incríveis que a NBA já viu.

Com isso, James entrou nos Playoffs de 2012 muito pressionado para vencer. O Heat era novamente favorito, e de repente o time se viu mais uma vez acuado, desta vez na final do Leste, contra o Boston Celtics.

O time celta era um elenco veterano que sabia o caminho para vencer, liderado por três membros do Hall da Fama em Kevin Garnett, Paul Pierce e Ray Allen. A equipe havia sido campeã em 2008 e levou o Los Angeles Lakers de Kobe Bryant a 7 jogos na Final de 2010, então a sede por mais um título no final da vida útil daquele time era grande. O Celtics conseguiu o impensável e, após 5 jogos, liderava a série contra o favorito Heat por 3 jogos a 2 e tinha a oportunidade de disputar o jogo 6 em Boston. 

Antes da partida, muitos já davam a eliminação como certa e vários analistas já começavam a especular um desmanche do elenco do Heat em busca de melhores peças, com especulações sobre trocas de Chris Bosh a todo vapor. LeBron nunca havia estado num momento de tanta pressão, e correspondeu como nunca. O astro dominou a partida contra o Celtics com 45 pontos, 15 rebotes, 5 assistências e absurdos 73% de aproveitamento nos arremessos. O Heat venceu o jogo e levou a série de volta para Miami, onde despachou o Celtics e seguiu para as Finais, onde LeBron venceu seu primeiro título, contra o Oklahoma City Thunder. 

É claro que a carreira de LeBron é feita de grandes atuações, e essas são apenas cinco das mais memoráveis. Com certeza você deve ter seu jogo preferido do Rei da NBA na sua memória, então conta aí pra gente, qual te marcou mais?

Dá um play e confira o que rola no nosso som!