Espalhe por Whatsapp

5 times que podem te surpreender na próxima temporada da NBA

Renato Campos
Renato Campos

Muito se fala da dinastia Warriors. Muito se fala da forte equipe que o Celtics, Rockets e Wolves montaram e também em como o Cavs irá reagir após perder as finais e seu armador titular. Mas além disto, alguns outros times fizeram movimentações bastante interessantes e podem te surpreender na próxima temporada da NBA.

Charlotte Hornets

Image title

Talvez você não irá se lembrar, mas foi da mesma forma que em 2009 o Orlando Magic chegou as finais da NBA contra o Los Angeles Lakers. É claro que o cenário de hoje é completamente diferente com a liga cheia de super times. Mas assim como aquele Magic, o time de Charlotte conta hoje com Dwight Howard precisando mais do que nunca provar que pode transformar uma franquia. Além da chegada do pivô, Kemba Walker, Malik Monk, Nicolas Batum e Frank Kaminsky são nomes de respeito.

Com certeza algumas coisas precisam acontecer para que tudo dê certo e o time consiga uma vaga entre os cinco melhores do Leste, mas não é uma missão impossível. Kemba Walker precisa subir ainda mais um nível e se tornar um verdadeiro All-Star, Howard precisa deixar pra trás o ano com o Hawks e o fracasso com James Harden no Rockets anterioremente e se tornar o ponto principal da defesa do seu novo time. Com essa turma boa por perto, Michael-Carter Williams precisa entender seu papel de armador reserva e ter atuações sólidas para garantir a boa rotação.

Para que tudo isto aconteça e o Hornets realmente nos surpreenda, muito treino e química entre esse novo grupo será extremamente necessário.

Portland TrailBlazers

Image title

Tudo bem que o Blazers não se movimentou muito durante a offseason, mas não vamos nos esquecer o quanto Jusuf Nurkic fez este time melhorar depois de sua chegada na última temporada. Com o jogador, e ainda os monstros McCollum e Lillard, o time de Portland deixou a 26ª posição para ser o 13º melhor time da liga. Nuric teve médias de 15.2 pontos, 10.4 rebotes, 3.2 assistências, 1.3 roubos de bola e tudo isto com 51 por cento de aproveitamento nos seus vinte jogos pela equipe. Pouco antes dos Playoffs o jogador se contundiu e voltou com tempo limitado durante a fase de mata-mata, o que fez com que seu impacto fosse reduzido consideravelmente.

Com 22 anos, Nurkic vai se recuperar da lesão e voltar a trabalhar o seu potencial para ajudar o Blazers a trilhar novos caminhos. Sem muitos holofotes, McCollum, Lillard e Nurkic formam sem dúvida um dos melhores trios da liga atualmente.

Milwaukee Bucks

Image title

Na última semana, Giannis Antetokounmpo e Kobe Bryant trocaram tweets com o jovem jogador do Bucks questionando o Black Mamba qual seria a sua missão para a próxima temporada. Kobe, aterefado com seus novos investimentos, foi direto: MVP.

É melhor realmente temer o time do Bucks.

O time liderado pelo grego que dominou as estatísticas do time na última temporada, tem tudo para se tornar um dos mais letais da NBA nos próximos anos. Além de Giannis, o calouro Malcolm Brogdon vem para seu segundo ano mais maduro e disposto a se estabelecer na liga. Conte também com o retorno de Jabari Parker ao longo da temporada quando estiver completamente recuperado da lesão que o deixou de fora de boa parte da última.

Saudável, o Bucks tem em seu elenco jogadores que podem causar impacto com suas habilidades específicas. Imagine um quiteto formado por Malcolm Brogdon, Khris Middleton, Giannis Antetokounmpo, Jabari Parker e Thon Maker. Com eles, conte com Matthew Dellavedova, Rashad Vaugh, Tony Snell, John Henson e Greg Monroe, o que os torna uma equipe bastante sólida.

Se acompanhar este time foi bem interessante na última temporada, imagine na próxima.

Denver Nuggets

Image title

Se a Conferência Oeste está recheada de grandes times, talvez você possa incluir o Nuggets como um deles. Na próxima temporada o fator altitude pela localização geográfica do estado do Colorado, não será a maior vantagem do time de Denver e Nikola Jokic não será uma estrela solitária em seu elenco. Alguns especialistas consideram que mesmo com a chegada Paul Millsap e com o talento ainda do jovem Gary Harris, o Nuggets não tem gás no tanque para chegar aos playoffs. Mas não vamos esquecer que a equipe tem o melhor ataque de toda a competição, e isto não é um dado aleatório. O grande problema da franquia era exatamente o seu setor defensivo, e é aí que Paul Millsap chega como uma grande solução.

Um trio formado por Millsap, Chandler e Harris é certeza de problema para qualquer sistema ofensivo. Se Garry Harris fizer uma temporada como um jogador de elite na posição 3 e se destacar realmente na defesa, como os torcedores acreditam que ele possa ser, então o Nuggets pode ter a pretensão em se colocar entre os cinco melhores do Oeste.

Los Angeles Clippers

Image title

Se engana quem pense que o Clippers pode ter dado seu último suspiro após saida de Chris Paul da equipe. Talvez, a saída do astro seja realmente o que a franquia precisava. Se você analisar bem o elenco do time, vai perceber com certa facilidade que eles tem bons jogadores em praticamente todas as posições.

A questão que mais preocupa é se o elenco vai se manter saudável o bastante para garantir uma boa posição e suas chances claras de playoffs. Já é certo que Blake Griffin esteja de fora logo no inicio da temporada, o que com certeza vai deixar o time mais fraco, mas por outro lado, Gallinari que quebrou a mão recentemente vai estar pronto na estréia.

Além da chegada de Gallinari, conte também com a chegada de Lou Williams após excelentes anos com o Lakers e Rockets. Para se ter ideia da qualidade deste time, fique por dentro do seu elenco: Patrick Beverly, Austin Rivers, Danilo Gallinari, Blake Griffin e D'Andre Jordan. Segunda unidade com Milos Teodosic, Lou Williams, Sam Dekker, Montrezl Harrell e Willie Reed.

Será que algum outro time tem a capacidade de nos surpreender fora os mais cotados por especialistas? Conta pra gente.

5 jogos com sabor de vingança para a próxima temporada da NBA

Curta o som Hoop78!

Este pode ser o motivo pelo qual o Warriors ainda não fez uma troca esta temporada

Renato Campos
Renato Campos

Com o Warriors tendo uma temporada surpreendentemente bem-sucedida, mesmo sem o All-Star Klay Thompson, eles parecem mais candidatos aos playoffs a cada semana. Embora eles ainda estejam lutando para juntar as peças dessa quase nova escalação do Warriors, considerar fazer mais uma adição ao elenco pode ajudar a transformar o Warriors em um time de playoffs.

Adicionar outro jogador estrela ao elenco do Golden State seria de fato benéfico. No entanto, qualquer troca blockbuster que o Warriors poderia potencialmente propor incluiria mais do que provavelmente Andrew Wiggins, e o Warriors pode não estar pronto para se separar de seu armador ainda.

Andrew Wiggins pode ser o motivo

Um fator-chave para o sucesso dos Warriors atualmente, e por que eles têm sido capazes de acalmar os críticos da pré-temporada, é em grande parte o desempenho MVP de Stephen Curry nesta temporada. O Warriors foi de fato o pior time de toda a liga na temporada passada, com Curry jogando apenas cinco jogos, e é garantido que os resultados seriam os mesmos se não fosse por Curry. Ele tem uma média de 29,4 pontos, 6,1 assistências e 5,4 rebotes - tudo o que ele precisa para combinar com seus bons números são mais vitórias.

Curry não está apenas carregando uma carga ofensiva pesada para o Warriors, mas a escolha número 1 do draft da NBA de 2014, Wiggins, também se tornou um dos jogadores mais conceituados do time.

Esta temporada será a primeira temporada completa de Wiggins com a equipe e ele causou impacto em quase todos os jogos. Ele conseguiu se manter saudável e ser eficaz no lado defensivo contra o qual o Warriors está lutando. Seu crescimento como jogador no plantel do Warriors foi evidente. Em suas seis temporadas na NBA, embora ele tenha tido uma média de 20 pontos ou mais em três delas, sua porcentagem de arremessos não passou de 45,9%, até esta temporada com o Warriors.

Wiggins agora está atirando em 46,8%, que é o recorde de sua carreira. Ele também está liderando o time em tocos por jogo, assim como o time está tendo problemas defensivos nesta temporada.

Se o Warriors propusess uma troca de sucesso nesta temporada, eles teriam que igualar os salários do jogador que chegasse, que é onde Wiggins entraria em jogo. Ele está atualmente recebendo $ 29,5 milhões nesta temporada e deve $ 65 milhões nas próximas duas. No entanto, esse foi o preço que eles tiveram que pagar quando negociaram com D’Angelo Russell e conseguiram a escolha do primeiro turno do Timberwolves em 2021.

Wiggins fazendo jus ao seu salário

Além de pagar Wiggins, a equipe também tem Curry, Klay Thompson e Draymond Green, todos com contratos de alto salário. Então, para trazer um jogador de sucesso, trocar um desses quatro seria uma obrigação, e os três últimos provavelmente estão fora de questão.

No entanto, Wiggins fez um trabalho decente garantindo que seu nome não fosse mencionado em rumores de troca até agora. Ele está atualmente com uma média de 17,6 pontos nesta temporada e se esforça para desbloquear todo o seu potencial no elenco do Warriors e ajudar o time a chegar aos playoffs.

No entanto, ainda há uma grande chance de que o Warriors possa aumentar seu ritmo e lutar por uma classificação mais alta. A equipe está atualmente apenas 2,5 jogos atrás do Suns, que está em quarto lugar na Conferência Oeste. O Warriors também teve uma dos calendários mais difíceis da liga até agora.

A melhora no jogo de Wiggins pode ser a razão pela qual o Warriors não se envolveu em uma troca blockbuster, embora o prazo da NBA não seja até 25 de março. Mas, com Wiggins ainda no elenco, a equipe pode ter um futuro brilhante.

Curta o som Hoop78!