Espalhe por Whatsapp

Rumores da NBA: Os 11 melhores agentes livres ainda disponíveis no mercado

Raphael Philipe
Raphael Philipe
04 de Julho

A classe de agentes livres da NBA de 2024 não é a das melhores. Dentro de 24 horas após a abertura do mercado na noite de domingo, a maioria dos principais jogadores disponíveis já estava com novos contratos.

Paul George assinou com os 76ers, Isaiah Hartenstein se juntou ao Thunder e Kentavious Caldwell-Pope fechou um acordo com o Magic. Até mesmo agentes livres de segunda linha, como Naji Marshall (Mavericks), Derrick Jones Jr. (Clippers), Tobias Harris (Pistons) e Jonas Valanciunas (Wizards), encontraram novas casas. Quando Klay Thompson concordou com um contrato de três anos com o Dallas Mavericks, outro grande nome da agência livre saiu do mercado.

Enquanto as estrelas principais da classe de agentes livres deste ano estão quase todas indisponíveis, ainda há alguns bons valores que podem encontrar novos times.

Vamos dar uma olhada nos 11 melhores jogadores ainda disponíveis na agência livre da NBA de 2024. 

11. Kyle Lowry

Lowry ainda pode ser eficaz aos 38 anos, mesmo que seu desempenho esteja caindo. O veterano jogou quase 30 minutos por jogo pelo Philadelphia 76ers em sua série de primeira rodada contra o New York Knicks. Ele acertou 39% de suas tentativas de três pontos na temporada e ainda é um incômodo na defesa. Lowry será uma boa adição veterana de baixo custo para uma equipe que busca um título.

10. Markelle Fultz

A ex-escolha número 1 do draft ainda não conseguiu resolver seu arremesso, mas teve algumas boas temporadas como um armador que pode jogar bem defensivamente. Infelizmente, Fultz teve um ano terrível pelo Magic pouco antes de entrar na agência livre e agora provavelmente não terá muito mercado, apesar de ter apenas 26 anos. Fultz precisa descobrir uma maneira de voltar a finalizar no aro se quiser salvar sua carreira na NBA. Ele ainda pode ser um sólido armador, mas seus passes não têm o mesmo impacto sem a ameaça de sua própria pontuação.

9. Spencer Dinwiddie

O arremesso de três pontos e a finalização no aro de Dinwiddie despencaram no ano passado em passagens pelo Brooklyn e Lakers, mas isso pode torná-lo uma boa opção de baixo custo para um candidato ao título. O armador de 31 anos é um grande armador com habilidade de arremesso e algumas habilidades de playmaking, mas não conseguiu pontuar de forma eficiente de nenhuma parte da quadra na última temporada, exceto na linha de lance livre. Armadores que arremessam menos de 40% não terão um grande mercado, mas ainda há algum valor na capacidade de Dinwiddie de conseguir faltas e arremessos.

8. Malik Beasley

Beasley é um arremessador com a mão quente que não oferece muito mais. Ainda assim, há um lugar para um jogador que acertou 41,3% de suas tentativas de três pontos em 542 arremessos na temporada. Ele seria uma adição bem-vinda de volta aos Bucks, mas sua falta de defesa e playmaking significa que ele é melhor em um papel menor.

7. Gary Trent Jr.

Trent realmente sabe arremessar de longa distância. Ele acertou 39,3% de suas tentativas de três pontos em 6,4 arremessos por jogo com o Toronto Raptors na última temporada. Ele é decente defensivamente com roubos de bola, mas tem o mau hábito de se encontrar fora de posição nesse aspecto. Trent é meio que um "one-trick pony", mas toda equipe precisa de arremessadores. Ainda com apenas 25 anos, Trent encontrará um lar em algum lugar, mesmo que não receba o grande pagamento que esperava.

6. Isaac Okoro

Okoro se desenvolveu lentamente como o ex-número 5 geral no Draft da NBA de 2020, mas mostrou uma melhoria real em sua quarta temporada profissional com o Cleveland Cavaliers no ano passado. O ala é um defensor de perímetro esperto, rápido o suficiente para acompanhar armadores velozes e forte o suficiente para lidar com tarefas maiores. O grande buraco no jogo de Okoro sempre foi seu arremesso, mas na última temporada ele acertou 39% de suas tentativas de três pontos em baixo volume. Okoro precisa aumentar seu volume de arremessos de três pontos porque as equipes ainda se recusam a marcá-lo do lado de fora, mas sua defesa no ponto de ataque é tão valiosa que ele deve conseguir um bom contrato com o Cleveland eventualmente.

5. Tyus Jones

Jones é um armador clássico que consistentemente apresenta uma alta taxa de assistências e uma baixa taxa de turnovers. Ele deu um grande salto como arremessador na última temporada em um time terrível do Washington Wizards, acertando 41,4% das 256 tentativas de três pontos que fez. Jones é um armador menor sem atletismo de ponta, e isso limita sua eficácia como finalizador e defensor. Ainda com apenas 28 anos, Jones é um sólido armador que pode armar seus companheiros, mas não terá tanto impacto quanto seus números podem indicar.

4. Caleb Martin

Martin foi uma das estrelas em ascensão da surpreendente campanha do Miami Heat nas finais da NBA de 2023, mas teve dificuldade em manter seu ímpeto na última temporada. O ala de 28 anos ainda é forte defensivamente e tem um arremesso de três pontos de 35% em baixo volume. É uma pena que ele não tenha entrado na agência livre um ano antes, ou estaria buscando um contrato muito maior.

3. Buddy Hield

Hield é um dos melhores arremessadores de três pontos da história da NBA, um atirador de 40% em alto volume de longa distância ao longo de sua carreira. O jogador de 31 anos estava ótimo no início da temporada no ultra-rápido ataquedos Pacers, mas seu desempenho caiu após uma troca no meio da temporada para o Philadelphia 76ers. Depois de uma sequência decepcionante nos playoffs da NBA de 2024, Hield pode não conseguir o dinheiro que está procurando. Pode ser do seu interesse aceitar um contrato de curto prazo e esperar conseguir um grande contrato novamente no próximo ano.

2. Miles Bridges

Nenhuma equipe deveria querer Bridges após as horríveis acusações de violência doméstica que ele enfrentou em 2022. Os Hornets o trouxeram de volta na última temporada e foram derrotados em seus minutos em quadra, apesar de o jogador de 26 anos ter apresentado os melhores números de pontuação da carreira. 

1. DeMar DeRozan

DeRozan ainda é incrivelmente produtivo mesmo com seus 35 anos. Ele é um pontuador de média distância hiper eficiente, raramente perde a bola e é consistente nos momentos decisivos. DeRozan só exige um ajuste muito particular devido às suas fraquezas como arremessador de três pontos e defensor. Parece que os Bulls estão prontos para seguir em frente, para que a equipe possa reconstruir em uma classe de draft carregada em 2025. Isso é uma jogada inteligente para Chicago, mas deixa DeRozan sem rumo, apesar de alguns bons anos restantes em sua carreira. Parece que DeRozan possa ter uma baixa de salário devido à falta de dinheiro disponível. Embora isso seja ruim para ele, alguma equipe vai acabar conseguindo um grande negócio.

Fique por dentro

Os 10 maiores jogadores da história do Boston Celtics

As 3 maiores mudanças que levaram o Celtics ao título da NBA

NBA: Por Que a Torcida do Celtics odeia Kyrie Irving

Acompanhe o Hoop78

No Instagram

No Spotify

Curta o som Hoop78!