Espalhe por Whatsapp

NBA: Warriors é o time que mais pode oferecer por Damian Lillard

Raphael Philipe
Raphael Philipe
16 de Julho

Se o Golden State Warriors quiser reforçar o elenco em torno de Stephen Curry neste período de offseason, eles têm muitas opções à sua disposição - no Draft da NBA de 2021 e via troca. Draymond Green, por exemplo, está animado para ver o que sua equipe fará nas próximas semanas.

Green conversou com repórteres no treino da equipe dos EUA e falou sobre as decisões iminentes do Warriors. Sem ser muito específico, o jogador primeiro falou sobre o próximo rascunho.

“Acho que estamos em uma ótima posição”, disse Green, por meio de Anthony Slater, do The Athletic. “Existem alguns caminhos diferentes que podemos seguir. Em última análise, essa não é minha decisão. Mas tento ajudar nessas decisões e continuarei a fazer isso."

Green disse que, apesar de estar do outro lado do mundo em Tóquio, ele planeja reuniões via Zoom para ajudar no processo de pré-draft. Ele não quis ser muito específico sobre quais prospectos ele gostaria de ver no seu time, porque ele "já foi multado por tampering".

Não deixe de ler: Kawhi Leonard pode estar deixando o Clippers

De modo geral, Green está animado com a classe 2021, mas ele observou que o Warriors também pode se concentrar no mercado de troca.

“Definitivamente, há muitos talentos neste draft”, afirmou. “Também há bons talentos nesta liga. Então, vamos ver o que acontece. ”

Na tarde desta sexta-feira, rumores de que Damian Lillard realmente vai pedir para ser trocado do Blazers na próxima semana tomaram as manchetes de todas as mídias. Se tem um time com totais condições de trocar por Lillard, esse time é o Warriors.

Graças a troca de 2020 com o Minnesota Timberwolves, o Warriors adquiriram o que equivalia à segunda escolha no Draft da NBA de 2020 (James Wiseman) e à sétima escolha no draft deste ano. Eles também têm a escolha nº 14.

Eles podem assinar e negociar Kelly Oubre Jr. e usar o contrato de Andrew Wiggins para combinar muito dinheiro em um negócio futuro.

O Warriors terminou a temporada com uma campanha de 39-33 e perdeu o play-in para o Lakers, embora o time tenha jogado sem Thompson, que sofreu uma lesão no Aquiles antes da temporada.

Com Thompson (finalmente) definido para retornar em 2021-22, o GM Bob Myers e o técnico Steve Kerr terão que decidir se irão reforçar o elenco de apoio ou transformar uma combinação de fichas em uma estrela, possivelmente chamada Damian Lillard.

Curta o som Hoop78!