Espalhe por Whatsapp

NBA: Adam Silver critica mandato de Nova Iorque que deixa Kyrie Irving sem jogar

Renato Campos
Renato Campos
17 de Fevereiro

Você está cansado de saber que o armador Kyrie Irving não está vacinado e está proibido de partipar dos jogos do Nets em Nova Iorque devido as regras de vacinação da cidade.

Até que ele decida se vacinar, o que é muito improvável ele continuará sendo um jogador de meio período para o Nets, que ocupa a oitava posição na Conferência Leste e recentemente trocou James Harden para o Sixers para receber Ben Simmons.

Irving já afirmou algumas vezes que não tem intenção de tomar a vacina contra COVID-19, o que significa que ele só jogará em jogos fora de casa se o Nets chegar aos playoffs de 2022. Estranhamente, um jogador de um mercado diferente que não está vacinado contra o COVID-9 pode jogar em Nova Iorque e o comissário da NBA Adam Silver não entende muito bem essa regra.

Durante uma aparição no "Get Up with Mike Greenberg" da ESPN, Silver disse que o mandato de vacinação da cidade de Nova York que impede Irving de jogar em casa “não faz muito sentido para mim”.

Com os escritórios da NBA em Nova York, Silver viu em primeira mão algumas das restrições sendo levantadas, de acordo com Andrew Lopez, da ESPN.

Esta lei em Nova York, a estranheza para mim é que ela se aplica apenas a jogadores da casa. Acho que se essa regra é sobre proteger as pessoas que estão na arena, não faz muito sentido para mim que um jogador visitante não vacinado possa jogar no Barclays, mas o jogador da casa não. Para mim, essa é uma razão pela qual eles deveriam dar uma olhada nessa questão. Adam Silver

“Então, embora, novamente, minha visão pessoal seja de que as pessoas devem ser vacinadas e reforçadas, posso imaginar um cenário em que o Brooklyn, como parte da cidade de Nova York, com um novo prefeito agora que não estava no cargo, Eric Adams, quando foi posto em prática, pudesse rever essa situação e decidir mudar ao longo do caminho e dizer que não é mais necessário ter uma obrigatoriedade de vacinação, como eu disse, principalmente uma que afeta apenas os jogadores da casa.”

Irving apareceu em apenas 14 jogos nesta temporada. Ele tem médias de 24,1 pontos, 4,8 rebotes e 5,4 assistências, enquanto tem aproveitamento de 45,2% no geral e 36,8% de três pontos.

O Nets tem campana de 4-10 com Irving na escalação e estariam no torneio play-in se a temporada regular terminasse hoje.

Ex-campeão e sete vezes All-Star, Irving expressou esperança de que o mandato de Nova York seja anulado para que ele possa jogar em casa. No entanto, ele disse a repórteres em Miami que não se sente culpado por não ter recebido a vacina COVID-19.

Irving: 'Não me sinto culpado"

Irving é o único jogador do Nets que não está vacinado contra a COVID-19 e o Uncle Drew não se arrepende de não ter tomado.

“Não sinto culpa”, disse Irving em Miami. “Sou o único jogador que tem que lidar com isso em Nova York porque jogo lá. Se eu estivesse em outro lugar em outra cidade, provavelmente não seriam as mesmas circunstâncias. Mas porque estou lá, temos Eric Adams, temos o mandato de Nova York, temos coisas acontecendo que são circunstâncias da vida real que não estão apenas me afetando. Então você me faz essas perguntas, eu não me sinto culpado.”

Irving tem uma opção de jogador no valor de US$ 36 milhões para a próxima temporada. Ele foi multado em US$ 381.181 pelo Nets por cada jogo em casa que perdeu nesta temporada. O três vezes armador All-NBA terá sido multado em um total de US$ 15,6 milhões quando a temporada regular terminar.

Fique por dentro

NBA: Stephen Curry é um dos cinco melhores jogadores de todos os tempos?

Bradley Beal decidiu seu futuro para a próxima temporada da NBA

NBA: Kyrie Irving revela porque agiu de forma agressiva com torcida do Celtics

Acompanhe o Hoop78

No Instagram

No Spotify

Curta o som Hoop78!