Espalhe por Whatsapp

NBA: Miami Heat teria interesse em John Wall

Renato Campos
Renato Campos
17 de Novembro

John Wall ainda não jogou um minuto nesta temporada pelo Houston Rockets. De acordo com relatos, o cinco vezes All-Star pode acabar ficando de fora o ano todo em meio a seu atual impasse com o Rockets. Não é novidade que várias equipes de toda a NBA estão monitorando a situação de Wall em Houston e, ao que parece, o Miami Heat é uma delas.

De acordo com Barry Jackson do Miami Herald, o Heat poderia fazer um movimento por Wall, mas apenas se ele chegar a um acordo de compra com o Rockets:

"Embora o Heat tenha interesse em adicionar o armador John Wall se ele for comprado por Houston, a ESPN disse que isso não está acontecendo porque Wall não quer desistir de sua opção de jogador de US$ 47,4 milhões na próxima temporada, muito menos seu salário de $ 44,3 milhões nesta temporada."

Apesar do fato de as lesões terem atrapalhado a carreira de Wall nas últimas temporadas, ele ainda é um cara que pode somar 20 pontos por noite. Isso se ele estiver saudável e, neste ponto, isso se tornou um grande "e se". Ele pode não possuir mais a explosão característica de antes, mas não há como negar que o armador de ainda pode trazer muito para a mesa.

Wall ainda poderia ser um armador reserva para o Heat. Kyle Lowry provou que se encaixa perfeitamente em Miami, mas aos 35 anos ele não tem mais tanta vitalidade. O Heat quase certamente administrará sua carga nesta temporada, e não seria ruim para o técnico Erik Spoelstra ter um cara como John Wall esperando para entrar em quadra saindo do banco.

Como todos sabemos, no entanto, o maior obstáculo aqui é o enorme contrato de Wall. Como afirma o report acima, Wall deve ganhar US$ 91 milhões até a próxima temporada. Wall não vai recusar sua opção de jogador no próximo ano porque isso implicaria em virar as costas para US$ 47,4 milhões garantidos. Por outro lado, simplesmente não há nenhuma maneira de qualquer time da NBA concordar em dar um lance tão grande em sua capacidade máxima para um cara que não jogou mais de 41 jogos em uma temporada desde 2017.

Isso deixa Miami com apenas uma opção - uma compra. Se Wall for de alguma forma capaz de convencer o Rockets a comprar seu contrato, então ele será um agente livre. Mas, novamente, esse é um grande "e se". Esta decisão custará potencialmente a Houston muito dinheiro e, neste ponto, não parece que eles estão dispostos a fazer esse sacrifício financeiro.

Leia também

Klay Thompson manda recado para todos que duvidaram do Warriors

Acompanhe o Hoop78

No Instagram

No Spotify

Curta o som Hoop78!