Espalhe por Whatsapp

Ex-Celtics farão reunião do time campeão de 2008, mas Ray Allen não será convidado

21 de Março

Tem algumas brigas que nem o tempo é capaz de resolver. O Boston Celtics formou um time muito forte em 2007 ao reunir Paul Pierce, Ray Allen e Kevin Garnett no mesmo vestiário. Rajon Rondo e Kendrick Perkins subiram de produção com a chegada de KG e Allen e os 5 formaram o esquadrão titular de uma equipe muito forte e dominante, que conquistou o título da temporada 2007-08.

Rajon Rondo, armador e capitão do Celtics naquela época, decidiu reunir os jogadores daquele time para que todos viajem a um destino internacional juntos no ano que vem, em comemoração aos 10 anos do título. Um atleta, no entanto, não será convidado: Ray Allen.

O motivo é muito simples. Em 2012, o Celtics perdeu o jogo 7 da final do Leste para o Miami Heat. Poucas semanas depois, Allen assinou contrato para reforçar o time da Florida.

Já naquela época, isso não pegou bem com seus ex-companheiros em Boston. Garnett, Rondo e Pierce romperam publicamente com o ala-armador, e Pierce inclusive se recusou a cumprimentá-lo antes de uma partida na temporada seguinte.

Rondo consultou todos os atletas que compunham aquele elenco, com exceção do ala-pivô P.J Brown, com quem ainda não conseguiu contato. A maioria dos campeões de 2008 votou por não convidar Allen. Um dos poucos a falar a favor de Ray foi Leon Powe, que hoje trabalha no administrativo do Celtics, mas a maioria deve prevalecer.

Estávamos em guerra com aqueles caras em Miami, e Ray mudou de lado. Ele se juntou ao inimigo, mas isso é algo que hoje já parece uma prática comum. @RajonRondo

Rondo, ainda aproveitou para alfinetar a polêmica ida de Kevin Durant para o Golden State Warriors:

Tentei ligar para ele na época, e ele nem retornou minhas ligações. Eu, Kevin e Rondo não fomos informados de nada até que ele estivesse decidido. Foi uma situação difícil, e para nós foi uma traição. @PauPierce

Allen ganharia mais um título com o Heat, inclusive convertendo um dos arremessos mais decisivos da história da NBA, no jogo 6 das Finais de 2013. O San Antonio Spurs vencia o Heat nos instantes finais, num jogo que, se vencido, fecharia a série para o time do Texas. Faltando 5 segundos para o fim, Allen converteu uma bola de três pontos que empatou a partida, que o Heat venceu na prorrogação e na sequência venceu o jogo 7.

Este talvez tenha sido o maior momento da carreira de Allen, mas ele pagou um preço caro junto a seus ex-companheiros para ter esta oportunidade. Será que ele se arrepende de algo?

Fique por dentro

NBA: Stephen Curry é um dos cinco melhores jogadores de todos os tempos?

Bradley Beal decidiu seu futuro para a próxima temporada da NBA

NBA: Kyrie Irving revela porque agiu de forma agressiva com torcida do Celtics

Acompanhe o Hoop78

No Instagram

No Spotify

Curta o som Hoop78!