Espalhe por Whatsapp

Kyrie Irving e Andrew Wiggins podem causar problemas a seus times no início da temporada da NBA

24 de Setembro

A NBA anunciou que todos as pessoas envolvidas na liga, incluindo jogadores, devem seguir as leis em cidades como Nova York e São Francisco que dizem que os indivíduos precisam ser vacinados contra a COVID-19 para entrar em arenas para treinos e jogos, a menos que obtenham uma aprovação médica ou isenção religiosa.

No início desta semana, o gerente geral do Nets, Sean Marks, admitiu que alguns jogadores teriam que ficar "ausentes" do treino se o Brooklyn precisasse se preparar para um jogo. Yaron Weitzman, da Fox Sports, agora relata que o armador do Nets, Kyrie Irving, ainda não teria sido vacinado.

O Nets se recusou a comentar oficialmente sobre sua situação de vacinação. Supondo que a história de Weitzman esteja correta, não se sabe se Irving planeja se vacinar ou se obteve uma isenção autorizada que o permitiria jogar em Nova York e San Francisco.

"Obviamente, não posso entrar em detalhes por vários motivos, sejam violações do HIPAA ou quem quer que seja, mas acho que todos entendemos o que está em jogo e tivemos conversas muito francas", disse Marks na terça-feira sobre conversas que ele teve com seu elenco sobre como ser vacinado. De acordo com Tim Bontemps da ESPN, Marks acrescentou que os problemas sobre as qualificações dos jogadores devem ser resolvidos antes do início da temporada regular no próximo mês.

No início do dia de ontem, foi relatado que o jogador Andrew Wiggins do Golden State Warriors também não foi vacinado. Enquanto isso, o insider da liga Shams Charania twittou que 90% dos jogadores da NBA são considerados totalmente vacinados.

A pré-temporada da NBA começa em alguns dias e caso uma solução não seja dada nestas duas situações, Nets e Warriors podem ter problemas em escalar seus jogadores.

Curta o som Hoop78!