Espalhe por Whatsapp

Arenas históricas da NBA: Madison Square Garden

Ricardo Romanelli
Ricardo Romanelli

No coração de Manhattan, próxima ao Empire State Building, está localizada a arena mais famosa da NBA, e um dos palcos de eventos mais celebrados do mundo.

O Madison Square Garden, ou apenas "MSG" para os íntimos, é a casa do New York Knicks. Uma arena tradicional para uma franquia tradicional.

Além do Knicks, o Garden também é casa do New York Liberty, da WNBA, e do New York Rangers, da NHL. Também é o palco de maior prestígio de New York para grandes shows, lutas de boxe e outros eventos.

O Garden iniciou as atividades em 1968, e é a segunda arena mais antiga da NBA, perdendo em antiguidade apenas para a Oracle Arena, em Oakland.

Antes do atual MSG, existiram três prédios com o mesmo nome nas mesmas redondezas. A Madison Square (praça Madison), está na interseção da 5ª avenida e da Broadway em Manhattan, uma das localidades mais badaladas do mundo. A praça foi nomeada em homenagem a James Madison, quarto presidente dos EUA.

Dois empreendimentos chamados de "Madison Square Garden" estavam lovalizados a nordeste da praça. O primeiro, de 1879 a 1890, e o segundo de 1890 a 1925. O primeiro Garden, construído por P.T Barnum, não tinha teto e era impossível de usar em dias de clima adverso. O segundo MSG foi projetado por Stanford White, arquiteto de renome da época. O prédio foi construído por um consórcio composto por J.P Morgan, Andrew Carnegie, P.T Barnum, Darius Mills, James Stillman e W.W Astor, todos nomes importantes da elite de NY.

Resultado de imagem para madison square garden

Na época, era o segundo edifício mais alto da cidade, com 61 metros de altura e 148 de largura. A capacidade era de 8.000 presentes. Em 1925, a companhia que detinha direitos hipotecários sobre o prédio resolveu demoli-lo e construir o New York Life Building, renomado prédio de NY, sede da seguradora New York Life Insurance Company.

Um terceiro MSG foi construído ali perto, em 1925, projeto pelo também renomado arquiteto Thomas W. Lamb. A capacidade era de 18.496 espectadores, e o prédio foi demolido em 1968, após a inauguração do atual MSG.

A versão contemporânea do Madison Square Garden começou a ser construída em 1964, no local onde ficava a antiga Pennsilvania Station, uma estação de trem bastante importante na história de New York. A comoção pública causada pela demolição da estação motivou a criação da New York City Landmarks Preservation Commission, uma agência da prefeitura responsável por preservar os pontos turísticos e históricos da cidade. O empreendedor responsável pela obra foi Irving Mitchell Felt. Atualmente, o MSG pertence a uma empresa de James Dolan, que também é dono do Knicks, do Liberty e do Rangers.

Atualmente, é a segunda arena do mundo em ingressos vendidos para shows musicais, perdendo apenas para a O2 Arena, em Londres.

O valor do empreendimento é avaliado em US$ 1,1 bilhões de dólares, colocando a arena entre os 10 estádios esportivos mais caros do planeta.

Na configuração atual, o MSG recebe até 20.789 pessoas em sua capacidade máxima. Para o basquete, devido ao tamanho da quadra e configuração dos assentos, a capacidade é reduzida para 19.812 torcedores.

Resultado de imagem para madison square garden

O Madison Square Garden tem a distinção de ser a única arena da NBA a não carregar o nome de um patrocinador corporativo, no esquema de "naming rights". Por isso, é a arena mais tradicional da liga, na maior cidade do mundo. Algumas atuações dentro de seus domínios estão entre as mais celebradas da história, como a épica atuação do lesionado Willis Reed, em 1970, que deu ao Knicks seu primeiro título da NBA. Em 1994, foi ali que Patrick Ewing anotou uma cesta no último segundo da final do Leste e catapultou o Knicks à final da NBA.

Alguns oponentes também fizeram fama no Garden. Foi ali que Michael Jordan viveu um dos maiores momentos da carreira. Ele disputou o primeiro jogo quando voltou da aposentadoria no MSG. Naquela noite, em 1995, Jordan anotou 55 pontos, usando a camisa de número 45.

Image title

Reggie Miller e o Indiana Pacers fizeram grandes jogos contra o Knicks nos playoffs dos anos 90, e talvez o mais famoso tenha sido jogado na histórica arena. Reggie anotou 8 pontos em 9 segundos no primeiro jogo das finais do Leste de 1995, roubando o mando de quadra da série para o Pacers. Reggie travava batalhas épicas de "trash talk" com o cineasta Spike Lee, figurinha carimbada na primeira fila dos jogos do Knicks.

São tantos os grandes momento desta histórica arena que fica até difícil listar todos: Wilt Chamberlain marcou 73 pontos em uma ocasião, além de ter registrado 62, 59, 58 (duas vezes) e 55 pontos em outras oportunidades. Elgin Baylor (71), Kobe Bryant (61), Bernard King (60) e Steph Curry (54) estão entre os maiores pontuadores da história do ginásio.

Poucos palcos são tão conhecidos no mundo como o Madison Square Garden, e na NBA ele é o cenário onde lendas nascem e são eternizadas. Uma grande atuação no MSG reverbera por gerações, e é o que todos os grandes atletas buscam quando pisam nesta lendária quadra.

Ficha Técnica:

Nome: Madison Square Garden
Conhecido como: MSG / The Garden
Cap/Basquete: 20.812
Cap/Shows:67.000
Construção: 1879


Curta a Hoop78 no Facebook