Espalhe por Whatsapp

Lakers x Sixers: qual o melhor processo de reconstrução?

Renato Campos
Renato Campos
06 de Fevereiro

Muito tem se falado em processo de reconstrução na NBA. Times como Lakers e Sixers trabalham visando o futuro da franquia e trilham estratégias diferentes para alcançar o sucesso.

O Sixers tem sido a maior surpresa da atual temporada. Com a tardia estréia de Joel Embiid, o time precisou ter ainda mais paciência para trabalhar o que seu GM chama de "cultura com foco na inovação". Muitos não tem a mesma paciência. A imprensa das respectivas cidades acabam cobrando mais do que deveriam e os próprios torcedores, ansiosos, querem resultados mais rápidos.

O time da Filadélfia não tem contado com o Embiid nos últimos jogos por uma contusão no joelho, mas com o gigante dentro de quadra, a equipe chegou a vencer 10 de uma série de 14 jogos e começou a pensar seriamente em playoffs pela primeira vez em anos. Além de Embiid, Nerlens Noel, Robert Covington e Dario Saric tem contribuido bastante para conquistar tais vitórias e o Wells Fargo Center tem atingido os mais altos decibéis desde os tempos de Allen Iverson.

É claro que o Sixers é candidato a título - ainda. Mas agora está ainda mais claro qual caminho eles estão trilhando para chegar lá.

Do outro lado temos o Lakers. Também penúltimo colocado em sua conferência, e no momento com quatro derrotas a mais que o Sixers. Quais seriam as diferenças principais entre os dois processos de construção de seus times?

É primeira temporada que o Lakers joga sem Kobe Bryant. O processo em Los Angeles realmente começou agora e os últimos anos de fracassos precisam ser esquecidos. O Lakers precisa pensar no futuro e não tomar atitudes desesperadas (Mozgov e Luol Deng) para tentar melhorar o time em uma temporada que pouco pode ser feito. Pode ser contra os princípios da franquia, mas o tank é a melhor das opções no momento. Um passo atrás pode fazer o time avançar em um prazo menor.

O próximo Draft é ainda mais importante para o Lakers do que os do passado recente. O time está cheio de talentos, mas ainda não conseguiu encontrar o seu pilar. Talvez Brandon Ingram possa se tornar o "próximo Kevin Durant", mas ainda não podemos enxergar isto. Diferente do Sixers, que é fácil notar que Embiid é seu o próximo franchise player. Muitos acreditam que este será o Draft com potencial para apresentar verdadeiras futuras estrelas com Markelle Fultz e Lonzo Ball sendo os principais candidatos. Selecionar um armador pode soar demais para o Lakers no momento, mas o que a franquia deve analisar é o que deve realmente fazer para ter a sua nova estrela em Los Angeles.

Por uma ironia do destino, o Lakers tem chances de perder a escolha no próximo Draft para o próprio Sixers. O time de Los Angeles enviou escolhas de Draft para o Phoenix Suns na troca em que obteve Steve Nash, em 2012. O Suns posteriormente repassou a escolha ao Sixers, e o Lakers só conseguirá manter o direito de selecionar um novo calouro caso a escolha fique no Top3 do Draft. Péssima notícia, considerando a qualidade do recrutamento deste ano.

O Lakers precisa abraçar a causa de algumas derrotas para que conquiste vitórias no futuro. A franquia não vai se tornar menos importante por isto. Walton irá continuar a aplicar o seu sitema e conseguir ter ainda mais controle dos seus comandados. É hora de colocar os mais jovens na quadra, e deixar os veteranos de lado. Dando maiores objetivos a seus garotos, mais chances eles tem de desenvolver. O Sixers está fazendo exatamente isto, e já não é de hoje. Seus talentos estão ainda melhores e em breve, você os verá alcançando novos objetivos. Vale ressaltar que os jovens do Sixers estão dando melhores resultados com muito menos tempo e experiência que os do Lakers, e isso normalmente indica que terão melhores carreiras com o passar dos anos.

Fique por dentro

NBA: Stephen Curry é um dos cinco melhores jogadores de todos os tempos?

Bradley Beal decidiu seu futuro para a próxima temporada da NBA

NBA: Kyrie Irving revela porque agiu de forma agressiva com torcida do Celtics

Acompanhe o Hoop78

No Instagram

No Spotify

Curta o som Hoop78!